almaboa

Depois de algumas peças sem graça e uma diversidade sem fim de stand ups, a GT Produções Artísticas enfim premia Indaiatuba com um espetáculo de alto nível. A Alma Boa de Setsuan réune Denise Fraga e um elenco de dez atores em peça com apresentação única no próximo dia 29 de agosto, às 19 horas, na Sala Acrísio de Camargo, no Ciaei (Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba).

O espetáculo permite ao público refletir sobre questões levantadas em 1941 pelo dramaturgo e poeta alemão Bertholt Brecht (1898-1956), e que ainda são atuais: “como ser bom e ao mesmo tempo sobreviver no mundo competitivo em que vivemos”. O elenco, em sua maioria, é formada por comediantes com passagens por grupos como Ornitorrinco, Teatro da Vertigem e Círculo dos Comediantes. A trilha sonora é de Théo Werneck; os cenários, de Márcio Medina; figurinos de Verónica Julian e luz de Wagner Freire. A equipe totaliza, entre atores e técnicos, em mais de 40 profissionais.

Sinopse
A parábola é ambientada na China. Três Deuses transformados na Santíssima Trindade e vividos por um único ator, descem a Terra à procura de pelo menos uma alma boa. Depois de percorrer muito caminho em vão, chegam a uma província chamada Setsuan. Lá encontram a prostituta Chen Tê que lhes dá guarida por uma noite. Na manhã seguinte, os Deuses concluem ser ela a alma boa que tanto procuravam e resolvem lhe pagar pela hospedagem.

O dinheiro é suficiente para Chen Tê abrir uma tabacaria e mudar de vida. Dona de seu próprio negócio, Chen Tê começa a ver os miseráveis da cidade abusarem de sua imensa generosidade. Sem conseguir dizer não, resolve vestir a máscara do mal. Traveste-se de uma figura masculina, seu primo Chui Ta, que teria vindo de longe para temporariamente tomar conta de seu negócio. As ações de Chui Ta em tudo diferem das de Chen Tê. O que Chen Tê não consegue recusar por fraqueza, Chui Ta retoma com força. Se Chen Tê promete arroz, Chui Ta só libera o prometido em troca de trabalho.

Chen Tê é mulher e se apaixona, Chui Ta é homem e faz negócios. Chen Tê engravida, mas é a barriga de Chui Ta que cresce de prosperidade, aos olhos do povo. Como ninguém deve saber que Chen Tê está grávida, é a prima agora que se esconde por trás do primo. Somente Chui Ta aparece e comanda.

Um boato cresce em Setsuan em torno do desaparecimento de Chen Tê: Chui Ta teria sequestrado a própria prima para ficar com suas riquezas. A última cena da parábola é o julgamento de Chui Ta.

Os ingressos podem ser adquiridos na Secretaria Municipal de Cultura, localizada na Praça Dom Pedro II, s/n°, Centro, telefone (19) 3825-2056; na Laselva Bookstore, situada na Rua 13 de maio, 839, Centro, telefone (19) 3834-7837; e na Laselva no Shopping Jaraguá, telefone (19) 3816-4858. Os valores são R$ 50 (inteira), R$ 40 (antecipado – até dia 28 de agosto), R$ 35 (promocional – cadastrados no “Clube GT”, bônus Jornal e empresas cadastradas), e R$ 25 (meia). Mais informações, acesse o site www.teatrogt.com.br.