URGENTE

Post Top Ad

Your Ad Spot

07 junho, 2010

Eleições 2010 na Grande Rede

Acabo de receber um e-mail (leia-se SPAM) assinado por um pré-candidato a deputado federal - que chamaremos aqui (carinhosamente, é claro) de FULANO - que dizia: “Participe do bate-papo com o FULANO”. OMG! Seria normal enviar uma mensagem em seu nome convidando o outro a bater um papo com ele mesmo? Não seria mais fácil adicionar no MSN? Será que, em época de eleições, os futuros candidatos sofrem alguma espécie de depressão, uma solidão vinda do mais profundo âmago de seu ser? Duvido.

A internet não é mais uma novidade e deve dividir as atenções da próxima corrida eleitoral com o rádio e a televisão. Contudo, seus grandes diferenciais prometem ser a gratuidade de alguns serviços - como os de blogs, por exemplo - além da utilização (correta e transparente) das redes sociais. Sim, senhores. Preparem-se para um verdadeiro 'bombardeio' de informações acerca de figuras que nunca vira sequer uma vez em qualquer canto, se transformarem subitamente naquele que mudará o rumo de nosso querido Brasil.

Mas isto não significa que devemos ignorar este novo 'fenômeno'. Em período de eleições, o óbvio deixa de ser ululante para se transformar em uma grande interrogação na cabeça dos eleitores. Qual será o candidato que melhor se encaixa dentro daquilo que considero ideal para um representante do povo? Para muitos (inclusive este que vos escreve), o programa eleitoral político na televisão deixou de ser uma ferramenta para se conhecer um candidato.

Com o aumento significativo no número de concorrentes, que impulsionam os chamados 'votos de legenda' para o partido político, os candidatos 'menores' têm cada vez menos tempo para se expressar. O resultado final chega a ser risível (quem nunca se divertiu assistindo os candidatos tentarem dizer o que precisam em cinco segundos?).

A internet, se utilizada com moderação, pode se transformar em um diferencial junto a esta nova geração de eleitores. Ou então, transformar o próprio candidato em um SPAM indesejável e facilmente 'deletável'.

Nenhum comentário:

Páginas