A contagem regressiva para o Estado de São Paulo respirar novos ares já começou. Quem passou nesta segunda-feira, dia 27, por pontos centrais das cidades de São Paulo, Campinas, Ribeirão Preto e Santos foi surpreendido por uma ampulheta gigante. O equipamento registra quanto tempo falta para que o fumo seja terminantemente proibido em ambientes fechados de uso coletivo em todo o Estado.

As ampulhetas têm três metros de altura e foram instaladas em pontos de grande visibilidade em quatro cidades paulistas na noite de ontem, dia 26. Na capital, o contador foi instalado na Praça Oswaldo Cruz, no início da Avenida Paulista. Em Campinas, ela está no Largo do Rosário, na esquina das avenidas Francisco Glicério e Campos Sales. Ribeirão Preto pode conferir a ampulheta na Praça Carlos Gomes. A última ampulheta foi instalada em Santos, na Praça das Bandeiras.

A partir do dia 7 de agosto, fica proibido fumar em ambientes como bares, restaurantes, casas noturnas e outros estabelecimentos comerciais. Mesmo os fumódromos em ambientes de trabalho e as áreas reservadas para fumantes em restaurantes ficam proibidos. A nova legislação estabelece ambientes 100% livres do tabaco. A nova lei restringe, mas não proíbe o ato de fumar. O cigarro continua autorizado dentro das residências, das vias públicas e em áreas ao ar livre. Confira mais informaçõe no site da campanha: www.leiantifumo.sp.gov.br.

Do Portal do Governo do Estado de São Paulo

PS: Que me desculpem os fumantes, mas já era hora desta nova lei tornar-se realidade. É esperar para ver se realmente será respeitada por todos, fumantes e donos de estabelecimentos. Como sempre, a sociedade deve se mobilizar e fiscalizar!