URGENTE

Post Top Ad

Your Ad Spot

06 novembro, 2008

Eleições EUA e o Preconceito Velado

Obama1

Com a devida competência e seriedade, o democrata Barack Obama venceu as eleições norte-americanas, derrubando o republicano John McCain (muito embora todos concordassem que seria praticamente impossível George W. Bush eleger seu sucessor). Aqui no Click Indaiá Online, torcemos veementemente por sua vitória.

No entanto, os principais jornais e programas televisivos do mundo inteiro têm dado a desnecessária atenção a um “detalhe”: o 44º presidente norte-americano é negro. E daí? Se estivéssemos nas décadas de 50 ou 60, tal diferença na pigmentação de nossa melanina poderia render (absurdas) razões para que negros ou amarelos fossem discriminados. Mas e hoje?

Atualmente, tais barreiras sociais foram devidamente derrubadas não apenas pela própria humanidade, que reconheceu sua igualdade de capacidades e direitos, mas também pelos próprios negros, que comprovam diariamente sua competência. Vide os exemplos de Pelé, rei do futebol, e mais recentemente de Lewis Hamilton, campeão mundial de Fórmula 1, sem falar em inúmeros outros que se destacam em TODAS as áreas sociopolíticas e culturais no mundo inteiro. Mesmo assim, como acontece no jornalismo, muitas pessoas ainda pregam um preconceito velado, que infelizmente permanece enraizado em nossa sociedade.

Segundo matéria na FolhaOnline, o pastor protestante e diretor da Ku Klux Klan (isso ainda existe?), Thomas Robb, declarou após a vitória de Obama que o presidente eleito dos EUA é só “metade negro” e que “Barack Obama se tornou o primeiro presidente mulato dos Estados Unidos”, já que “ele não foi criado em um ambiente negro”, uma vez que “foi criado por sua mãe [branca]”. Um claro sinal da IDIOTICE que a organização assumidamente racista representa.

Talvez exemplos como os citados acima e a eleição de Barack Obama sirvam para derrubar de uma vez por todas qualquer discriminação que um ser humano possa impor ao outro.

einstein

Nenhum comentário:

Páginas