URGENTE

Post Top Ad

Your Ad Spot

18 outubro, 2008

Sofocleto e suas Máximas

sofocleto

Dia desses navegava pela Internet à procura de uma máxima que pudesse empregar como subtítulo do blog. Minha escolha você pode conferir logo acima, bem ali debaixo do Click Indaiá Online (mas você já havia notado, certo?). Feito isso, confesso que quis saber mais sobre Sofocleto, autor da frase, e encontrei muitas informações interessantes.

Luís Felipe Angell de Lama, humorista peruano, conhecido popularmente pelo pseudônimo de Sofocleto, nasceu em Puerto de Paita, em 1926, e faleceu em Lima, no ano de 2004. Após estudos na Universidade de San Marcos, iniciou uma carreira diplomática que o levou a servir em diversos cargos nas embaixadas do Chile, França, Suécia e até mesmo na ONU.

A partir de meados da década de 1950, dedicou-se ao jornalismo de humor, escrevendo para vários jornais peruanos. No auge de sua carreira, na década de 60, foi considerado o jornalista mais bem pago do Peru. Seus célebres “Sinlogismos” também foram publicados na revista Seleções. Mais do que humorista, Sofocleto foi um pensador. Confira:

  • “Desejar a mulher do próximo é um pecado imortal”
  • “Os que mais morrem são os que não têm onde cair mortos”
  • “Quando a gente se apaixona pensa em tudo menos no que está pensando”
  • “Escrever é uma maneira de falar sem sermos interrompidos”
  • “Devemos amar o próximo como se fosse a mulher dele”
  • “Ter fé é muito simples. Difícil é acreditar nela”
  • “O mundo está cheio de gente vazia”
  • “Os parentes distantes vivem sempre perto demais”
  • “O melhor amigo do homem é outro cão”
  • “Amigo verdadeiro é aquele que nos quer apesar de nada”
  • “Improvisar é dizer o que pensamos e não pensar o que dizemos”
  • “O bom do juízo final é que será sem advogados”
  • “A mediocridade é a arte de não ter inimigos”
  • “A monogamia é a arte de sonhar com todas as mulheres, menos uma”
  • “O verdadeiro drama do teatro é a falta de público”
  • “A bofetada é um aplauso unilateral”
  • “Os escultores continuam vivendo na idade da pedra”
  • “O homem regressa quando já não é o mesmo que se foi”
  • “As vantagens do nudismo saltam aos olhos”
  • “Nos tempos atuais, é preciso muita engenhosidade para cometer um pecado original”
  • “O mal da experiência é que nos ensina a pancadas”
  • “O problema dos imparciais é que estão subornados pelas duas partes”
  • “A mulher espera um bebê quando o homem menos espera”
  • “Como farão para viver os mortos de fome?”
  • “Os avarentos morrem sem dar o último suspiro”
  • “Para os carrascos, o trabalho é a morte”
  • “O bom da morte é que jamais se repete”
  • “Desconfie dos mudos. São pessoas sem palavras”
  • “Nada sai tão caro como um inimigo gratuito”
  • “O verdadeiro primeiro amor é o último”
  • “Os últimos serão os primeiros...a sair do elevador”
  • “Casar-se com uma mulher rica é contrair patrimônio”
  • “O crítico é a comadre da arte”
  • “A verdade é que todo mundo mente”
  • “Nos manicômios o cliente nunca tem razão”
  • “O relógio de sol atrasa em dias de chuva”
  • “Os imbecis deixam suas impressões digitais no que dizem”
  • “A resignação é a anemia do caráter”
  • “Muitos escritores esgotam-se antes dos seus livros”
  • “Os aniversários são o aluguel que pagamos pela vida”
  • “Barbárie: época em que os homens só se matavam um por um”
  • “Vivemos num tempo em que nada é tão indispensável quanto as coisas supérfluas”
  • “Não sei se o homem descende do macaco, mas bem que merece”
  • “Há 400 anos os países subdesenvolvidos têm um grande futuro”
  • “Os covardes duram mais, mas vivem menos”

Um comentário:

Evaristo disse...

Lembro-me quando eu morava no perú e na minha adolescencia, eu lia sua coluna no jornal"ojo" , e ia direto para me deliciar com a suas cronicas ou então suas citações,saudades deste gran escritor e pensador ,que deixou sua obra que no futuro será reconhecida,orgulho dos peruanos.que estumlo a leitura em milhões de coterraneos.

Páginas