URGENTE

Post Top Ad

Your Ad Spot

19 fevereiro, 2008

O Fim de uma Era?

Em carta publicada hoje no jornal estatal Granma, o líder cubano Fidel Castro anunciou sua renúncia à presidência de Cuba, cargo que ocupou por 49 anos, desde que liderou a guerrilha que derrubou o ditador Fulgêncio Batista. Com problemas de saúde, Fidel se afastara da liderança em julho de 2006, quando passou o comando para seu irmão Raúl.

Muito embora a maioria acredite que Raúl Castro assuma a presidência de Cuba, o destino do país socialista ainda é uma incógnita. Na carta publicada hoje, Fidel recorda que "o adversário a ser derrotado é muito forte" e deixa claro que não pretende se afastar definitivamente. Do outro lado, o presidente americano George W. Bush aproveita para declarar que o anúncio da renúncia deve se tornar o início de uma "transição democrática" em Cuba. Tais declarações evidenciam as particularidades de um país com sanções democráticas que deram origem a fortes transgressões aos direitos humanos, porém, resultaram em melhorias significativas na qualidade de vida.

Ao que tudo indica, Fidel está prestes a construir um novo capítulo na história de Cuba, mesmo longe do poder. Seria o fim de uma era? Acredito que não. No final de sua carta ao povo cubano, Castro deixa claro que não pretende esquecer aqueles que o acolheram como líder: "Não me despeço de vocês. Desejo apenas combater como um soldado das idéias... Será uma arma a mais no arsenal com a qual se poderá contar. Talvez minha voz seja ouvida. Serei cuidadoso". Confira mais sobre a renúncia de Fidel e suas repercussões aqui.

Nenhum comentário:

Páginas