Gui Boratto na Zoff Club

Clique na figura para ampliá-la

Arquiteto, músico, compositor e produtor, Gui Boratto é presença garantida nos maiores festivais internacionais e suas músicas estão nos cases de praticamente todos os grandes nomes da música eletrônica. Para mostrar seu repertório, ele marca presença amanhã, dia 15, dentro de mais uma Crazy October da Zoff Club.

Foi a partir da produção de dois remixes para a trilha do filme Cidade de Deus que Boratto começou a assinar músicas com seu próprio nome. Em 2005, lançou o single Sunrise, pelo selo Plastic City. Seu primeiro álbum, Chromophobia, traz músicas como Terminal, Gate 7 e Beautiful Life, lançado pela gravadora Kompakt na Europa, e ST2 no Brasil. O álbum foi aclamado pelo público e crítica especializada no mundo todo, além de ser considerado por inúmeras revistas, como o melhor álbum do ano de 2006.

Em 2009, lançou pelo selo 3Plus Music seu segundo álbum, Take My Breath Away, com referências que oscilam entre batidas orgânicas e linhas de baixo sintéticas ecoando como se fossem tocadas em lugares amplos e desabitados. O vocal de Luciana Villanova é um dos melhores momentos do disco, como na faixa No Turning Back. Numa mistura bem sucedida de temas para as pistas de dança conceituais e trilhas sonoras voltadas ao uso doméstico, seu segundo disco representa o amadurecimento de seu trabalho.

Atualmente, Boratto está envolvido no projeto Bomb The Bass, em parceria com Tim Simenon (produtor de Depeche Mode e Bjork). Ainda sem data de lançamento, deve contar com remixes de diversos artistas, entre eles Michael Mayer, big boss da Kompakt.

0 comentários: