Eleições 2010: Ignore as Bizarrices!

A cada quatro anos, somos confrontados com a necessidade de escolher quem comandará nosso País pelos próximos... quatro anos (uau!). Muitos se ausentam da responsabilidade e deixam a escolha para os 'outros'. Outros vestem a camisa e tentam te convencer que o seu candidato é o 'ideal'. Mas, na verdade, quem é que está certo? Oras, a resposta é óbvia: nenhum deles.

A 'culpa' é da democracia, palavra que deriva do grego demo = povo e cracia = governo. Ao que tudo indica e os livros nos ensinam, democracia é um sistema em que as pessoas de um país podem participar da vida política. Esta participação pode ocorrer através das eleições, plebiscitos e referendos. Dentro de uma democracia, as pessoas possuem liberdade de expressão e manifestações de suas opiniões.

E é exatamente esta liberdade de expressão que nos 'premia' com bordões como 'pior que tá, não fica', do neopalhaco 'abestado' Tiririca, ou então 'celebridades' como Mulher-Pera, cuja única qualidade é... qual é mesmo? Não estamos aqui dizendo que estes exemplos e uma série de outros que apostam em seu 'diferencial' (ou seria bizarrice mesmo?) são incompetentes. Não, talvez eles nos surpreendam - de forma positiva ou negativa, quem sabe? Mas a verdade é que suprimem a verdadeira discussão por detrás de todo este processo e ao nos fazer rir, tapam nossos ouvidos para as propostas de candidatos, digamos assim, mais 'sérios'.

Por isso, se você REALMENTE se preocupa com este importante período, ignore as bizarrices, confira o cotidiano dos candidatos, acesse os sites oficiais e leia atentamente as propostas de cada um. Livre-se das amarras do idealismo. Somente assim, será possível analisar o que será melhor para o nosso querido Brasil. Somente assim, deixaremos plenamente orgulhosa a senhora Democracia!

1 comentários:

oi, adorei tudo aqui.
Suas postagens, são ótimas, adorei ler.
Se poder da uma passadinha lá no meu blog:
http://kah-catarina.blogspot.com
vou adorar se você também seguir e comentar nossa postagens!

beijos, te encontro lá.