Virada’09 – Móveis Coloniais

Começamos aqui a série de posts sobre as atrações da edição 2009 da Virada Cultural em Indaiatuba, que acontece nos dias 16 e 17 de maio, em diferentes pontos da cidade. Confira a programação aqui.

Criada em 1998, em Brasília, a banda Móveis Coloniais de Acaju traz uma mistura de rock e ska, com influências musicais do oeste europeu e de música brasileira. O nome da banda – acredite se quiser – é baseado em um evento histórico: um conflito unindo índios e portugueses contra os ingleses na Ilha do Bananal.

Sua estreia aconteceu em 2005, com o álbum Idem, com tiragem inicial de três mil cópias. Em termos gastronômicos, o som de Móveis Coloniais de Acaju já foi denominado pelos próprios membros de “feijoada búlgara”. Sem Palavras, o single lançado em 2007 pela banda, ficou em 21ª posição na lista das 50 melhores músicas do ano na revista Rolling Stone.

Crédito: Fabrício OfujiA banda tem passagem em eventos como o Brasília Music Festival (2003), Curitiba Rock Festival (2005), Bananada (2003 e 2004) e Porão do Rock (2000, 2005, 2007 e 2008). Estre shows e festivais, o grupo já tocou ao lado de bandas e cantoras internacionais como Weezer, Live, Alanis Morissette, Simply Red, Slackers e Voodoo Glow Skulls, além de bandas nacionais como Charlie Brow Jr, Ultraje a Rigor!, Pato Fu, Barão Vermelho, Dead Fish e Los Hermanos.

A Móveis Coloniais de Acaju é formada por André Gonzáles (voz), BC (guitarra), Beto Mejía (flauta transversal), Eduardo Borém (gaita cromática, teclados e escaleta), Esdras Nogueira (sax barítono), Fabio Pedroza (baixo), Leonardo Bursztyn (guitarra), Paulo Rogério (sax tenor), Coaracy (bateria) e Xande Bursztyn (trombone). A banda se prepara para o lançamento de seu segundo CD, intitulado C_MPL_TE, pela Trama Virtual.

1 comentários:

Djow disse...

deve ser legal essa banda.